Inquérito do PAYT: satisfação com a gestão de resíduos (parte 2)

Com o objetivo de promover boas práticas na separação de resíduos, o sistema PAYT (pague-apenas-o-que-deita-fora) será em breve implementado no bairro da Forca, em Aveiro, representando assim uma alternativa mais justa de tarifa para quem separa os resíduos gerados. Coordenadores do projeto LIFE PAYT realizaram um inquérito com 76 participantes para compreender a opinião dos futuros utilizadores deste serviço no setor doméstico e comercial. A satisfação com o serviço de gestão de resíduos foi um dos três focos temáticos do questionário.

A análise do perfil dos futuros utilizadores do sistema PAYT apontou que 56% dos inquiridos estão satisfeitos com a gestão municipal dos resíduos urbanos. Quando comparados os setores, verificou-se que o comércio está mais satisfeito (69%) com a gestão municipal dos resíduos e considera a reciclagem de elevada importância. Por outro lado, apenas dois entrevistados entre os 23 representantes do comércio declararam que se esforçam para separar mais de três tipos de resíduos.

De uma forma geral, por não haver um funcionário específico no comércio que seja responsável pela separação de resíduos, seria necessário uma atitude forte da gerência para promover esta tarefa. Assim, constatou-se um desalinhamento entre a perceção de atitudes e os valores corretos, pois o comportamento positivo acaba por não ser colocado em prática.


                                                                                                  Satisfação positiva no setor comercial

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: