Sobre o projeto

O LIFE PAYT é um projeto europeu que está a decorrer em 5 cidades de 3 países diferentes:  Aveiro, Condeixa e Lisboa (Portugal),  Vrilissia (Grécia) e Lárnaca (Chipre). Este projeto, pioneiro em Portugal, usa contentores inovadores para medir os resíduos neles depositados e incentiva a recolha seletiva dos resíduos recicláveis com valor.

O que vai ser feito?

Vai ser testado um modelo de tarifação de resíduos PAYT “Pay-as-you-throw”, que significa pagar apenas o que se deita fora.

O que o utilizador deve fazer?

O utilizador terá acesso aos contentores identificados para colocar os seus resíduos indiferenciados ao passar o cartão individual de identificação no leitor. Também poderá retirar dúvidas ao consultar o guia técnico ou o portal de suporte da implementação do PAYT a nível municipal que estarão disponíveis.

Como o utilizador estará a ajudar o ambiente?

Ao depositar menos resíduos indiferenciados e separar mais, o utilizador diminui os resíduos enviados para aterro e contribui para aumentar a reciclagem. Deste modo, estará a impulsionar a economia circular e a sustentabilidade ambiental.

Quais as vantagens para o utilizador, em termos económicos?

Este é apenas um projeto piloto. Num sistema tarifário PAYT o utilizador paga apenas os resíduos indiferenciados que produz, e não um valor que depende do consumo de água, como hoje. No fim do mês, a fatura da água irá mostrar o valor que pagaria se o tarifário PAYT estivesse em vigor, ao lado do valor que paga atualmente, permitindo comparar os custos. Quanto mais usar o ecoponto e menos resíduos produzir menor será o custo associado.

%d bloggers like this: