[PORTUGUESE] Projecto quer levar cidadão a pagar apenas o que deita no contentor de lixo

“LIFE PAYT” Instituto Politécnico de Coimbra lidera desenvolvimento de sistema que pode reduzir valor da tarifa da gestão de resíduos sólidos na factura da água. O Instituto Politécnico de Coimbra (IPC) está a desenvolver um projecto que permite que cada cidadão pague apenas o lixo indiferenciado que deita fora e que reduz o valor da factura da água. Em comunicado ontem

Read more

[PORTUGUESE] Politécnico de Coimbra desenvolve projeto para reduzir tarifa de resíduos sólidos na fatura da água

O Instituto Politécnico de Coimbra (IPC) está a desenvolver um projeto que permite que cada cidadão pague apenas o lixo indiferenciado que deita fora e que reduz o valor da fatura da água, foi hoje anunciado. O IPC adianta que o projeto “LIFEPAYT”, que está em fase de testes, com amostras da população, em Lisboa, Aveiro e Condeixa-a-Nova (Coimbra), tem

Read more

[PORTUGUESE] Coimbra desenvolve projeto para reduzir tarifa de resíduos sólidos na fatura da água

O Instituto Politécnico de Coimbra (IPC) está a desenvolver um projeto que permite que cada cidadão pague apenas o lixo indiferenciado que deita fora e que reduz o valor da fatura da água, foi hoje anunciado. Em comunicado enviado à agência Lusa, o IPC adianta que o projeto “LIFEPAYT“, que está em fase de testes, com amostras da população, em

Read more

[PORTUGUESE] Condeixa em projecto para reduzir tarifa de resíduos sólidos na factura da água

O Instituto Politécnico de Coimbra (IPC) está a desenvolver um projecto que permite que cada cidadão pague apenas o lixo indiferenciado que deita fora e que reduz o valor da factura da água, foi hoje anunciado. Em comunicado enviado à agência Lusa, o IPC adianta que o projecto “LIFEPAYT”, que está em fase de testes, com amostras da população, em

Read more

[PORTUGUESE] Interesse pela compostagem: 37% dos inquiridos mostraram-se interessados

Para compreender o que o cidadão pensa sobre a compostagem, o projeto LIFE PAYT realizou um inquérito na zona de intervenção do sistema PAYT (pague-apenas-o-que-deita-fora), que está a ser implementado no bairro da Forca, em Aveiro. Apenas dois entre os 76 inquiridos utilizam os resíduos orgânicos para fazer compostagem. Um deles é Rui Jorge Sousa, que há sete anos faz

Read more

[PORTUGUESE] Em Lisboa, os contentores vão dar sinal quando estiverem cheios

Publicado por Smart Cities | Mar 25, 2019 | Notícias, Resíduos “Mais tecnologia, mais limpeza”, diz o município de Lisboa. A capital portuguesa está a instalar sensores inteligentes em diversos contentores de resíduos sólidos espalhados pela cidade, esperando-se que, em breve, esta rede tenha, pelo menos, 2 600 unidades instaladas. O município de Lisboa está a colocar sensores de leitura

Read more

[PORTUGUESE] Guimarães alarga sistema PAYT e potencia recolha selectiva

Depois de ter implementado em 2016 o Sistema PAYT (Pay-as-you-Throw) no centro histórico – em que os munícipes quanto mais reciclarem menos pagam – o Município de Guimarães avança agora com o alargamento da medida para uma segunda área até ao centro da cidade, abrangendo mais 810 utilizadores a partir de Janeiro de 2019. Uma forma de celebrar a Semana

Read more

[PORTUGUESE] Condeixa-a-Nova iniciou recolha gratuita de resíduos de estabelecimentos comerciais

A ERSUC – Resíduos Sólidos do Centro iniciou, em agosto, o serviço gratuito de recolha porta a porta” de resíduos dos estabelecimentos comerciais de Condeixa-a-Nova, anunciou hoje a autarquia deste concelho do distrito de Coimbra. “Com o objetivo de aumentar a quantidade e a qualidade do lixo reciclável, a ERSUC – Resíduos Sólidos do Centro, em colaboração com o município

Read more

[PORTUGUESE] O projeto LIFEPAYT esteve presente no Programa Click, da Antena 1, integrado no programa “Dias do Futuro” no dia 28 de julho de 2018

Não é preciso puxar muito pela memória. Basta recuar até ao ano 2000, altura em que a Sociedade Ponto Verde lançou uma campanha onde um chimpazé era ensinado a fazer a reciclagem, separando vidro, papel e cartão. Passaram 18 anos e hoje os portugueses separam 17% do lixo que produzem. Celia Dias Ferreira diz que é possível fazer mais. A

Read more